FANDOM


A temporada de 1968 foi segunda temporada da categoria.

IntroduçãoEditar

O sucesso da profissionalização da categoria trouxe novos investidores e novas equipes no grid: Racing Metal, RWI, TTR e Vox Motor. Além disso, os novos donos da F1 Racing e SPO Classic rebatizaram suas equipes de F1 GnRacing e Gallop, respectivamente.

Após os chassis projetados pela Safety Car, o futuro da categoria ficou marcado pela projeção de chassis e, consequentemente, aumento dos custos de manutenção de uma equipe. Sendo necessária a construção do novo chassi para manter a competitividade e com um grande domínio do trio Esthar - Safety Car - Savoia, as fontes de prêmios financeiros se tornaram escassas e a categoria viu o grid encolher com as falências de Narnia, PVD, F1 GnRacing e Eintracht.

Nas equipes, além de novos pilotos com superlicença ingressando na categoria, algumas mudanças de cockpit. Jean-Pierre Beltoise foi substituído na Esthar por Jack Brabham. Em seu lugar, a Romani trouxe Wolfgang von Trips da Eintracht, que assinou com o novato Niki Lauda. A Romani também passara a contar com Lorenzo Bandini, que não fora sondado em 1967, para pilotar o segundo carro. O jovem Gilles Villeneuve foi contratado pela Narnia no lugar do aposentado Stirling Moss, também sendo companheiro do recém-contratado Mike Hailwood. A recém renomeada F1 GnRacing contratou o argentino Carlos Reutemann para o novo segundo carro, enquanto a PVD aumentava sua frota com o alemão Rolf Stommelen. No caminho oposto, a Savoia demitiu John Surtees e não contratou um terceiro piloto.

Outro fator resultante do sucesso da categoria foi a antecipação de maneira extraordinária das 500 milhas de Indianápolis para participação das equipes com seus chassis base e a integração com algumas etapas do campeonato de Fórmula 2, considerado uma segunda categoria e fonte de jovens pilotos.

ResumoEditar

Na África do Sul, começou a se estabelecer o domínio das equipes Esthar, Safety Car e Savoia, constantemente ocupando as seis primeiras posições nos treinos e a maioria da zona de pontuação nas corridas. Jim Clark e Safety Car mantiveram o ritmo do final de 1967 e saíram na frente, com recuperação de Fangio já na corrida seguinte, vencendo na Espanha. Stewart, com sua terceira pole em três etapas, conquistou a vitória no GP de Mônaco e embolava a classificação com Jim Clark liderando um ponto à frente de Fangio e Stewart e 4 pontos de vantagem para Hill. Stewart conseguiu a pole novamente na Bélgica, mas foi superado por Fangio na prova. Enquanto o argentino assumia a liderança e o rival de Esthar se tornava o segundo colocado, Jim Clark se lesionou após acidente da Bélgica, perdendo 4 etapas e vendo suas chances de título ficarem pelo caminho.

Com três dobradinhas nas etapas seguintes, a Savoia disparou no mundial de construtores e colocou seus pilotos com ampla vantagem no mundial, com Fangio 15 pontos à frente de Hill. O britânico descontou a vantagem ao vencer na França, mas uma nova dobradinha liderada por Fangio na Grã-Bretanha deu folga ao argentino no campeonato, enquanto a Savoia conquistava o mundial de construtores com 4 corridas de antecedência.

Fangio tornara a vencer na Itália, mas Stewart, conquistando a pole pela sétima vez na temporada, venceu no México e interrompeu a sequência de triunfos da Savoia, que ainda conquistou duas tripladinhas com Fangio, Hill e Hawthorn nas etapas finais. Fangio confirmou o bicampeonato na penúltima etapa, nos Estados Unidos.

A temporada ficou marcada negativamente pela morte de Jochen Rindt após grave acidente nos treinos de Mônaco e outro grave acidente sofrido por Emerson Fittipaldi nos treinos para a corrida da Itália, deixando o piloto em inatividade por seis meses e alterando o traçado do circuito para a corrida.

RegulamentoEditar

O sistema de pontuação 9-6-4-3-2-1 para os primeiros seis colocados foi mantido, porém sem a existência dos descartes para pilotos. Devido à inexistência de limite de carros por equipe, apenas os dois melhores resultados seriam considerados para o mundial de construtores caso três ou mais pilotos de uma mesma equipe chegassem aos pontos.

O fornecimento de motores e pneus era independente, permitindo que as equipes encomendassem lotes e utilizassem livremente entre os pilotos, podendo inclusive combinar duas ou mais marcas em um mesmo fim de semana e revender os equipamentos a outras equipes. No entanto, algumas equipes assinaram contratos de fornecimento que culminavam no uso exclusivo de suas marcas, ainda que adquiridas por terceiros.

A terceira sessão dos treinos para os melhores colocados foi cancelada, sendo apenas duas voltas lançadas para cada piloto. O grid estaria limitado a 26 carros, porém uma falha na verificação de inscrição levou o GP da África do Sul a ser realizado com 27 pilotos, sendo também a única vez na temporada em que o número de inscrições ultrapassou o limite.

Durante os finais de semana, foi permitida a utilização de engenheiros para realização de acertos nos carros, tornando-os ainda melhores do que o projeto. As equipes também poderiam contratar mais de um engenheiro ao longo da temporada.

EtapasEditar

Etapa Corrida Pole Vencedor Construtor
1 África do Sul Jackie Stewart Jim Clark Safety Car Climax
2 Espanha Jackie Stewart Juan Manuel Fangio Savoia Honda
3 Mônaco Jackie Stewart Jackie Stewart Esthar Ferrari
4 Bélgica Jackie Stewart Juan Manuel Fangio Savoia Honda
5 Holanda Juan Manuel Fangio Juan Manuel Fangio Savoia Honda
6 Alemanha Jackie Stewart Juan Manuel Fangio Savoia Honda
7 Áustria Juan Manuel Fangio Graham Hill Savoia Honda
8 França Jackie Stewart Graham Hill Savoia Honda
9 Grã-Bretanha Jim Clark Juan Manuel Fangio Savoia Honda
10 Itália Juan Manuel Fangio Juan Manuel Fangio Savoia Honda
11 México Jackie Stewart Jackie Stewart Esthar Ford-Cosworth
12 Estados Unidos Jim Clark Juan Manuel Fangio Savoia Honda
13 Canadá Juan Manuel Fangio Juan Manuel Fangio Savoia Honda

Eventos ExtrasEditar

Corrida Pole Vencedor Construtor
Indy 500 Graham Hill Graham Hill Savoia Ford-Cosworth
Inglaterra - F2 Juan Manuel Fangio Juan Manuel Fangio Savoia Climax
Bélgica - F2* Jacques Laffite Bugatti Climax
França - F2 Juan Manuel Fangio Juan Manuel Fangio Savoia Climax
Espanha - F2* Ronnie Peterson Bugatti
Portugal - F2* Jacques Laffite Bugatti Climax
Itália - F2 Juan Manuel Fangio Juan Manuel Fangio Savoia Climax
Alemanha - F2* François Cevert Bugatti Climax
  • Provas não disputadas por equipes da categoria principal

Equipes e pilotosEditar

Equipe Chefe Pilotos Etapas
Eintracht André Luís Emerson Fittipaldi 1–8
Niki Lauda 1–2
John Love 1
Howden Ganley 2
Henri Pescarolo 3–4
Guy Ligier 3
Silvio Moser 3
Lucien Bianchi 4
Gijs van Lennep 5
Jo Bonnier 5
Rolf Stommelen 6–7
Johnny Servoz-Gavin 8
Esthar Diego Jack Brabham Todas
Jackie Stewart 1–8
Peter Gethin 9
Ludovico Scarfiotti 10
Richie Ginther 13
F1 GnRacing Wagner Carlos Reutemann 1–2, 4–5
Mike Hawthorn 1–3
Niki Lauda 3–5
Gallop Thiago Körting Denny Hulme Todas
Jochen Rindt 1–3
Mike Hawthorn 4–6, 8
John Miles 9
Narnia Lucas Fioreze Clay Regazzoni 1–2
Gilles Villeneuve 1–2
Ronnie Peterson 1–2
Mike Hailwood 1
PVD Leonardo François Cevert 1–2
Jacky Ickx 1–2
Rolf Stommelen 1
Racing Metal Fernando José Carlos Pace Todas
Mike Parkes 9
Romani Adonis (1–2), Daniel Hartmann (4–13) Lorenzo Bandini 1–2, 4, 6–13
Wolfgang von Trips 1–2, 4, 6–13
George Follmer 12
Mark Donohue 12
RWI Ítalo Bruce McLaren 1–7
Wilson Fittipaldi 1–2
Mike Hailwood 3–11
Clay Regazzoni 8–13
Jackie Oliver 9
Safety Car Victor Mario Andretti Todas
Jim Clark 1–4, 9–13
Ronnie Peterson 5–8
Reine Wisell 6
Silvio Moser 6
Guy Ligier 8
Henri Pescarolo 8
Chris Irwin 9
Trevor Taylor 9
Giancarlo Baghetti 10
Ignazio Giunti 10
Pedro Rodríguez 11
Ricardo Rodríguez 11
Bob Bondurant 12
Ronnie Bucknum 12
Savoia Iuri Graham Hill Todas
Juan Manuel Fangio Todas
Emerson Fittipaldi 10
Mike Hawthorn 12–13
Derek Bell 9
Innes Ireland 9
Piers Courage 9
Andrea de Adamich 10
Jo Siffert 10
TTR Lucas Garrido Arturo Merzario 1–3
Jacky Ickx 4–13
Vox Motor Ivan Peter Revson 1–11, 13
Dan Gurney 12
  • Em laranja: pilotos pagantes

Mudanças durante a temporadaEditar

  • Mike Hailwood (Narnia) foi vendido para a RWI após a etapa da África do Sul.
  • Rolf Stommelen (PVD) foi demitido após a etapa da África do Sul.
  • Niki Lauda (Eintracht) foi vendido para a F1 GnRacing após a etapa da Espanha.
  • Mike Hawthorn (F1 GnRacing) foi vendido para a Gallop após o falecimento de Jochen Rindt na etapa de Mônaco.
  • Arturo Merzario foi dispensado após a etapa de Mônaco, sendo substituído por Jacky Ickx, que estava sem emprego após a falência da PVD.
  • Jim Clark (Safety Car) se lesionou na etapa da Bélgica e foi substituído por Ronnie Peterson no período de ausência.
  • Mike Hawthorn (Gallop) ficou ausente das etapas da Áustria, Grã-Bretanha, Itália e México por motivos econômicos de sua equipe, tendo seu contrato dissolvido por inatividade.
  • Bruce McLaren (RWI) se aposentou após acidente na etapa da Áustria e foi substituído por Clay Regazzoni, sem equipe após a falência da Narnia, a partir da etapa da França.
  • Jackie Stewart (Esthar) se lesionou na etapa da Itália do mundial de F2 e foi substituído pelo piloto pagante Peter Gethin na etapa da Grã-Bretanha.
  • Emerson Fittipaldi, sem equipe após a falência da Eintracht, foi contratado pela Savoia a partir da etapa da Itália. No entanto, o brasileiro se lesionou durante os treinos da mesma etapa e foi substituído por Mike Hawthorn as etapas dos Estados Unidos e Canadá. O britânico estava sem equipe após seu contrato com a Gallop ter sido dissolvido.
  • Mike Hailwood (RWI) foi demitido após a etapa do México.
  • Peter Revson (Vox Motor) cedeu seu carro ao piloto pagante Dan Gurney durante a etapa dos Estados Unidos.

Mundial de pilotosEditar

Pos. Piloto AFS ESP MON BEL HOL ALE AUT FRA GBR ITA MEX EUA CAN Pts.
1 Juan Manuel Fangio AB 1 2 1 1 1 2 AB 1 1 AB 1 1 84
2 Graham Hill 2 3 5 AB 2 2 1 1 2 AB 2 2 2 66
3 Jackie Stewart AB 2 1 2 6 NL AB 3 AB 1 6 4 36
4 Jim Clark 1 4 3 AB 3 3 3 5 AB 30
5 Jack Brabham 4 5 4 AB 4 NL 4 AB AB 2 AB AB 4 23
6 Mario Andretti 3 AB 6 AB 3 3 AB AB AB AB 4 4 5 21
7 Wolfgang von Trips AB AB 3 5 AB 5 4 AB 5 7 7 13
8 Denny Hulme 10 8 11 AB 7 4 3 4 AB AB AB 8 6 11
9 Ronnie Peterson AB AB 5 AB 5 2 10
10 Mike Hawthorn 7 7 9 AB AB 8 13 3 3 8
11 Emerson Fittipaldi 5 6 7 4 8 AB 6 AB NL 7
12 Lorenzo Bandini AB AB 6 AB AB 6 AB 4 AB AB 9 5
13 José Carlos Pace AB AB AB 5 AB AB AB 8 5 6 AB 9 AB 5
14 Jacky Ickx 8 AB AB 9 6 AB 7 AB 5 6 10 8 4
15 Gilles Villeneuve 6 NL 1
15 Derek Bell 6 1
- Rolf Stommelen 11 7 7 0
- Clay Regazzoni AB 9 AB AB 7 AB 11 AB 0
- Lucien Bianchi 7 0
- Innes Ireland 7 0
- Pedro Rodríguez 7 0
- Peter Revson AB AB 15 AB AB 10 8 11 AB AB 9 NL 0
- Henri Pescarolo 8 AB AB 0
- Chris Irwin 8 0
- Ignazio Giunti 8 0
- Ricardo Rodríguez 8 0
- Bruce McLaren 14 AB AB AB 11 9 AB 0
- François Cevert 9 AB 0
- Johnny Servoz-Gavin 9 0
- Trevor Taylor 9 0
- Giancarlo Baghetti 9 0
- Mike Hailwood AB 12 AB AB AB AB 10 10 10 NL 0
- Guy Ligier 10 12 0
- Jochen Rindt AB 10 NL† 0
- Carlos Reutemann AB AB NL 10 0
- Richie Ginther 10 0
- Silvio Moser 14 11 0
- Howden Ganley 11 0
- John Miles 11 0
- Arturo Merzario 12 12 13 0
- Ronnie Bucknum 12 0
- John Love 13 0
- George Follmer 13 0
- Mark Donohue 14 0
- Niki Lauda AB AB AB NL AB 0
- Wilson Fittipaldi AB AB 0
- Gijs van Lennep AB 0
- Jo Bonnier AB 0
- Reine Wisell AB 0
- Jackie Oliver AB 0
- Mike Parkes AB 0
- Peter Gethin AB 0
- Piers Courage AB 0
- Andrea de Adamich AB 0
- Jo Siffert AB 0
- Ludovico Scarfiotti AB 0
- Bob Bondurant AB 0
- Dan Gurney AB 0

Mundial de construtoresEditar

Pos. Equipe AFS ESP MON BEL HOL ALE AUT FRA GBR ITA MEX EUA CAN Pts.
1 Savoia 6 13 8 9 15 15 15 9 15(16) 9 6 15(19) 15(19) 150(159)
2 Safety Car 13 3 5 0 6 4 2 6 4 4 7 5 2 61
3 Esthar 3 8 12 6 4 3 4 0 6 9 1 3 59
4 Romani 0 0 5 2 0 3 3 3 2 0 0 18
5 Gallop 0 0 0 0 0 3 4 3 0 0 0 0 1 11
6 Eintracht 2 1 0 3 0 0 1 0 7
7 Racing Metal 0 0 0 2 0 0 0 0 2 1 0 0 0 5
8 TTR 0 0 0 0 0 1 0 0 0 2 1 0 0 4
9 Narnia 1 0 1
10 F1 GnRacing 0 0 0 0 0 0
11 RWI 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
12 Vox Motor 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
13 PVD 0 0 0

NavegaçãoEditar

Temporada anterior: Temporada de 1967

Próxima temporada: Temporada de 1969

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória